Reunião Sindical - Mais democracia nas escolas

Partilha

EM DEFESA DA DEMOCRACIA PARA AS ESCOLAS

Com o objetivo de debater o atual modelo de gestão e os sentidos a dar à sua revisão, o Sindicato dos Professores do Norte (SPN) promoveu, hoje, 15 de Fevereiro, na Escola Básica e Secundária do Cerco (Porto), a primeira de muitas reuniões que se realizarão em todos os agrupamentos e escolas não agrupadas do norte do país.

Com esta iniciativa, integrada na campanha Fenprof «Mais Democracia para as Escolas», o SPN – constatando o retrocesso democrático que o atual modelo representa – pretende debater com os educadores e professores as propostas de alteração do regime de gestão das escolas que a Federação irá apresentar no Ministério da Educação, em tempo oportuno.

Propostas respaldadas na opinião dos educadores e professores, expressa no preenchimento de um inquérito realizado em escolas de norte a sul do país e cujos resultados escola a escola constituem o ponto de partida para a discussão a realizar nas reuniões que agora se iniciam. Na reunião, que contou com a presença da coordenadora do SPN Manuela Mendonça, foram analisadas e debatidas as respostas ao inquérito promovido pela Fenprof, dos docentes deste agrupamento tendo-se registado um grande consenso com as propostas da Federação.

Concursos, carreiras, aposentação, condições de trabalho e horários foram, igualmente, assuntos abordados na reunião realizada no Cerco.

15 de fevereiro, 4ª feira, 14h

Escola Básica e Secundária do Cerco

(Porto)

Tags