TRIBUNA PÚBLICA | 7 DE DEZEMBRO | LARGO DE CAMÕES (LISBOA)

Partilha

7 de dezembro de 2017

Tribuna Pública no Largo de Camões exige respeito pelos Professores

A Fenprof promoveu no dia 7 de dezembro, em Lisboa, uma Tribuna Pública para reafirmar a necessidade de valorização da Educação e dos seus Profissionais e exigir que os Professores sejam respeitados, pela importância do seu papel no futuro da nossa sociedade.

No Largo de Camões, para além das dezenas de professores e dirigentes sindicais, estiveram diversas personalidades da vida pública nacional que se quiseram associar a esta mensagem de valorização e de respeito pelos professores e pela profissão docente.

Nesta Tribuna Pública, usaram da palavra Ana Mesquita (deputada do PCP), António Teodoro (Professor e ex-Secretário-Geral da FENPROF), Arménio Carlos (Secretário-Geral da CGTP-IN), Dulce Arrojado (deputada do PEV), Joana Mortágua (deputada do BE), João Jaime Pires (Professor e diretor da Escola Secundária Camões, em Lisboa), José António Gomes (escritor com o pseudónimo literário João Pedro Mésseder, e Professor Coordenador da Escola Superior de Educação do Porto), Manuel Carvalho da Silva (sociólogo e coordenador da delegação de Lisboa do Centro de Estudos Sociais), Paulo Sucena (Professor e ex-Secretário-Geral da FENPROF) e o Secretário-Geral da FENPROF, Mário Nogueira.

Entretanto, por razões de trabalho, em alguns casos, fora do país, não puderam estar presentes, mas enviaram mensagens reconhecendo a importância do papel dos Professores e saudando a iniciativa: Almerindo Janela Afonso, Ana Rita Bessa, António Borges Coelho, David Rodrigues, Fausto Bordalo Dias, Licínio Lima, Luís Conceição, Manuel Carlos Silva, Manuel Loff, Maria do Céu Guerra, Nuno Pacheco, Sérgio Niza e Susana Amador.

Ver reportagem fotográfica de HB


2 de dezembro de 2017