Sindicalização

Ficha de Sindicalização: Clique p.f. para aceder à ficha de Pré-Inscrição

O maior sindicato do NORTE - somos a FORÇA que conta!

Porquê ser sindicalizado?

Em destaque:

O modelo de sociedade hoje vigente tende a desvalorizar o papel do trabalho, enquanto pilar essencial da mesma.
Perante ofensivas sistemáticas aos direitos dos trabalhadores, só a sua união poderá permitir a manutenção dos direitos já adquiridos e a reivindicação de melhores condições sociais.
Também no caso da profissão docente, a situação é algo semelhante - os sucessivos Ministérios da Educação, colocando em prática políticas economicistas, atentam frequentemente contra os direitos dos trabalhadores da Administração Pública e em particular dos professores e educadores. Os exemplos são, infelizmente, muitos: revisão do nosso Estatuto de Carreira Docente (ECD), cortes salariais, alteração das condições de aposentação, "congelamento" das carreiras,...
Pois bem, só fazendo parte de uma organização é possível ter um papel mais ativo na defesa do nossos direitos já consagrados e na tentativa de melhoria das condições de exercício da profissão.
Por outro lado, o papel dos sindicatos - e aqui a FENPROF marca claramente a diferença em relação a outras organizações - não é só reativo, é também reivindicativo. Na nossa opinião, é também função dos sindicatos apresentar propostas sobre as mais diversas vertentes, quer profissionais, quer educativas.

Em síntese, poderemos dizer que um Professor deve ser sindicalizado, pois só assim tem a possibilidade de defender os seus direitos e de reivindicar melhores condições de exercício da profissão.

E porquê no Sindicato dos Professores do Norte?

O Sindicato dos Professores do Norte é, desde a sua fundação, um sindicato de ação - a par de uma postura séria no campo negocial, não deixamos de mostrar, sempre que necessário, na rua e noutros espaços, a força e a justiça das nossas posições.
Temos também uma prioridade em toda a nossa ação: estar junto dos educadores e professores e conhecer de perto os seus problemas e os seus anseios. Para isso, ao longo dos já quase 32 anos de vida, fomos crescendo e, além da sede central no Porto, temos hoje mais 14 sedes em outras tantas cidades espalhadas pela região Norte do país e temos, ao longo dos anos, promovido a realização de reuniões em todas as Escolas e Agrupamentos, apesar das dificuldades criadas por alterações legislativas que visaram dificultar esse trabalho e a presença dos educadores e professores nas mesmas e que reduziram de forma drástica o crédito de horas de que as organizações sindicais podem dispor para desenvolver a sua atividade. A realização de plenários, de reuniões temáticas e de outro tipo de encontros é também frequente, sempre que o SPN pretende construir opinião sobre qualquer matéria importante para os docentes, reuniões que sempre foram, e continuarão a ser, abertas a todos os professores e educadores, independentemente de estes serem ou não nossos sócios.

Mas a Nossa força aumentará sempre proporcionalmente com o número daqueles que em nós confiam. Há sempre espaço para crescer e quanto mais fortes forem as organizações sindicais, mais condições estas terão de prosseguirem o seu trabalho na defesa dos direitos e dos interesses de uma classe que tem sofrido, nos últimos anos, os mais vis e severos ataques à sua dignidade profissional.

E, não devendo ser argumento decisivo, poderemos também deixar um outro motivo - somos a maior organização sindical de professores do Norte e fazemos parte da maior organização sindical de professores do país, a FENPROF.

A Direção

Clique p.f. para aceder à ficha de Pré-Inscrição

(na ficha, selecione a opção "SPN - Sindicato dos Professores do Norte")