REPOSICIONAMENTO DOS DOCENTES RETIDOS NO 1.º ESCALÃO DESDE 2011

Partilha

1.ª reunião - 10 de janeiro

Na primeira reunião com o Ministério da Educação sobre o reposicionamento dos docentes retidos no 1º escalão desde 2011 – um dos principais aspetos focados na Declaração de Compromisso assinada a 18 de novembro de 2017 entre o Governo e as Organizações Sindicais – a Fenprof reafirmou a sua discordância da proposta de Portaria apresentada pelo ME para discussão. À comissão negocial, a Federação apresentou um documento onde enumera os princípios que não poderão deixar de ser respeitados na portaria que regulamenta o reposicionamento destes docentes na carreira.

Declarações do Secretário-geral da Fenprof

(Ver notícia completa)

Anexos

Principios_Reposicionamento_carreira_docente Projeto_de_Portaria_do_reposicionamento_janeiro_2018