MEMBRO   FENPROF | CGTP

  spn.pt  |  Revista  |  Superior  |  WebMail  |  Reuniões  |  Vencimentos  |  Protocolos  |  Contactos
  
SPN    Superior    Arquivo    Vencimentos - O que o Governo lhe quer retirar
Imprimir
Abrir como PDF

Partilhar:

|


MENU

FENPROF.pt/superior
 
SUPNOTÍCIAS

EDIÇÃO DE ABRIL 2013 | MENSAL
versão PDF | ler online

edições anteriores
março 2013 PDF online
fevereiro 2012 PDF online
dezembro 2012 PDF online
novembro 2012 PDF online
setembro 2012 PDF online
julho 2012 PDF
online
junho 2012 PDF online
maio 2012 PDF online
abril 2012 PDF online
março 2012 PDF online
fevereiro 2012 PDF online

 


Vencimentos - O que o Governo lhe quer retirar

 

Cara(o) colega,

 A crise, com origem na especulação financeira, coberta com fundos públicos para salvar o sistema bancário, está a ser paga, em fatia significativa pelos funcionários públicos. E o governo, que sempre apregoou que o fim da crise estava ali ao virar da esquina, mostra-se incapaz de taxar os lucros sempre crescentes do sistema bancário e lança agora um verdadeiro assalto aos salários dos trabalhadores da administração pública. Corta onde lhe é mais fácil, nas pensões, nas prestações sociais e no salário dos funcionários públicos e, mais ainda, aumenta o desconto dos funcionários públicos para a Caixa Geral de Aposentações para 11%, acima dos 10% dos restantes trabalhadores. E, diz Teixeira dos Santos, o corte será mantido para além de 2011.

Após 6 anos de congelamento das progressões, de bloqueamento de concursos, de asfixia financeira e de degradação das condições de trabalho nas Universidades, o governo pretende agora reduzir drasticamente os salários dos professores universitários, como de muitos outros profissionais.

Abaixo pode ver as tabela que mostram quanto o Governo pretende retirar-lhe todos os meses (só pela via da redução salarial) e que, no final do ano e na maior parte dos casos, corresponderá, em termos anuais, a mais de um salário.

Não se cale e manifeste, com toda a razão toda a sua indignação. A luta pode não ser suficiente para derrotar esta medida imoral, mas não lutar agora é perder já esta e as próximas que ainda estão para vir.

 

Cordiais Saudações Académicas e Sindicais

O Departamento do Ensino Superior e Investigação da FENPROF

13.OUTUBRO.2010

TABELAS

Se estiver em dedicação exclusiva:

Perda no salário ilíquido

Categorias

Escalões

1

2

3

4

Professor Catedrático

467 €

492

508

541

Professor Associado c/ agregação

392

418

434

467

Professor Associado ou Professor Auxiliar c/ agregação

327

353

405€

426

Professor Auxiliar

261

300

353

392

Assistente e Leitor

117

130

156

 

 

Se estiver em tempo integral

Perda no salário ilíquido

Categorias

Escalões

1

2

3

4

Professor Catedrático

248

274

292

327

Professor Associado c/ agregação

178

196

213

248

Professor Associado ou Professor Auxiliar c/ agregação

135

152

187

204

Professor Auxiliar

91

117

152

178

Assistente e Leitor

28

56

60