Abaixo-assinado contra a contratação direta

27 de setembro de 2022

A Fenprof lança a petição “Não à contratação direta por escolas ou outras entidades locais” e apela à sua subscrição por parte de todos os interessados.

Subscrever online     Imprimir (frente e verso)


O Ministério da Educação está apostado na atribuição de competências às escolas para a contratação de docentes, por parte dos diretores. Não é essa, contudo, a opinião dos professores, como confirma a consulta realizada pelo SPN, na qual participaram 4716 docentes. O resultado não deixa dúvidas: 94,6% rejeitam que o recrutamento de professores passe para as escolas.

A posição da Fenprof é muito clara: os concursos, em todas as modalidades e fases, deverão continuar a obedecer ao critério da graduação profissional que, não sendo perfeito, é o menos imperfeito de todos.

Anexos

Abaixo-assinado — Contra a contratação direta

Partilha