Daniel Jonas vence prémio António Gedeão

Partilha

14 de dezembro de 2018

Prémio Literário instituído pela FENPROF e apoiado pela SABSEG atribuído a Daniel Jonas, pelo livro “Oblívio”

A FENPROF e a SABSEG levam a efeito, anualmente, um prémio literário, que alterna entre Prémio Literário Urbano Tavares Rodrigues, para romance, e Prémio Literário António Gedeão, para poesia. 

O Júri da edição de 2018 (quinta edição do prémio António Gedeão) – poesia – composto por Paulo Sucena (Presidente), Clara Crabbé Rocha e José Manuel Mendes, reuniu no dia 1 de outubro e decidiu, por unanimidade, distinguir o livro “Oblívio”, de Daniel Jonas (Assírio&Alvim, 2017). 

A cerimónia de entrega do prémio pelas entidades promotoras teve lugar no dia 14 de dezembro, às 15.00 horas, no Espaço António Borges Coelho, situado no edifício que aloja as sedes da FENPROF e do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa. Este Espaço situa-se na Rua Fialho de Almeida, n.º 3, em Lisboa (Bairro Azul). 

O Prémio Literário António Gedeão, instituído pela Federação Nacional dos Professores – FENPROF, e patrocinado pela SABSEG – Corretor de Seguros, destina-se a galardoar uma obra de poesia em português e de autor português, publicada integralmente e em 1.ª edição no ano de 2017. 

Este prémio tem como finalidade distinguir obras literárias, de poesia e ficção narrativa, em anos alternados, de professores no ativo ou aposentados, de qualquer grau de educação e de ensino, público ou privado, e também de docentes deslocados em outros serviços ou funções. 

O valor deste prémio, a cujo concurso não são admitidas obras póstumas, é de € 7.500.00 (sete mil e quinhentos euros).

A FENPROF

A SABSEG


DN - Daniel Jonas vence prémio de poesia António Gedeão com livro "Oblívio"