DIREÇÃO DO SPN REPUDIA ARTIGO PUBLICADO NO JORNAL DE NOTÍCIAS RELATIVO À PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES NAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS

Partilha

A Comissão Executiva do Sindicato dos Professores do Norte (SPN), na sua primeira reunião ordinária do ano letivo 2013/2014, entendeu tomar posição contra o artigo que fez manchete na edição de 15 de setembro do JN “Professores trocam alunos por campanha autárquica”, considerando surpreendente o teor da referida notícia, já que parece pretender pôr em causa o direito dos professores a participar nos processos eleitorais, como se não fossem cidadãos com os mesmos direitos que todos os outros que, enquanto candidatos, recorrem aos mecanismos que a lei prevê para o desenvolvimento das respetivas campanhas.

A mensagem subliminar a esta notícia – a de que os professores preferem a disputa eleitoral ao trabalho com os alunos –, para além de reacionária pelo que representa de desvalorização dos processos eleitorais em democracia, é profundamente injusta para uma classe profissional que, tantas e tantas vezes, põe os interesses dos alunos à frente dos seus.

O SPN considera ainda abusiva a ilação de que há alunos que correm o riso de ficar sem professor até ao final do primeiro período, já que o ato eleitoral se realiza a 29 de setembro e, no caso de haver professores que venham a ser eleitos, competirá ao MEC proceder à sua substituição o mais rapidamente possível.

Lamentavelmente, dado o elevado número de professores no desemprego, tal não deverá constituir qualquer problema. Por tudo isto, o SPN considera este tipo de jornalismo no mínimo lamentável.

Porto, 17 de setembro de 2013

A Comissão Executiva do SPN