DIRECÇÃO DO SPN CONDENA AGRESSÃO A PROFESSOR DE VILA NOVA DE GAIA

Partilha

A direcção do Sindicato dos Professores do Norte (SPN) condena de forma veemente a violenta agressão de que foi vítima um professor da EB2/3 Padre António Luís Moreira – Agrupamento S. Pedro de Pedroso, considerando tal acto intolerável e inadmissível num Estado de direito.

Desde há muito que o SPN tem vindo a alertar para os problemas de indisciplina e de violência nas escolas, não para criar um clima de alarmismo em torno do problema, mas para chamar a atenção da opinião pública para uma realidade que marca o dia-a-dia de muitas escolas e o quotidiano profissional de muitos docentes.

Tratando-se de um fenómeno com múltiplas causas que têm sobretudo a ver com questões de ordem geral, relacionadas com profundas alterações no plano social e familiar e o alargamento de fenómenos de marginalidade e pobreza na sociedade portuguesa, o SPN reafirma que são urgentes medidas que garantam aos docentes a imprescindível segurança no exercício da sua profissão.

Reitera ainda a necessidade do Governo investir (principalmente em contextos complexos e problemáticos) em equipas multidisciplinares que desenvolvam, de forma articulada, um trabalho de fundo na identificação de situações problemáticas, na análise das suas causas e na definição de estratégias que estimulem um ambiente de sã convivência, em que os valores do respeito, da dignidade e da integridade marquem as relações.

O SPN expressa publicamente, por esta forma, a sua solidariedade com o professor agredido, exigindo das autoridades competentes o apuramento de todas as responsabilidades.

 

Porto, 2 de Fevereiro de 2012.

 

A Direcção do SPN