Atraso nos concursos

Partilha

Sindicato dos Professores do Norte / FENPROF

FENPROF
NOTA À COMUNICAÇÃO SOCIAL

 

Concursos 2003

FENPROF ENTREGOU PROPOSTA NO M.E.
PARA QUE PROFESSORES NÃO SEJAM PREJUDICADOS
COM ATRASO NA DIVULGAÇÃO DAS COLOCAÇÕES

A FENPROF fez hoje entrega, no Ministério da Educação, de uma carta dirigida ao Secretário de Estado da Administração Educativa contendo propostas que visam salvaguardar os direitos dos professores cuja colocação para 2003/2004 apenas deverá ser conhecida no dia 3 de Setembro.

Devido a esse atraso, milhares de docentes serão obrigados a apresentarem-se no dia 1 de Setembro em escolas diferentes das que dois dias depois corresponderão à sua colocação. Há professores que, por essa razão terão de viajar três dias para as regiões autónomas da Madeira e Açores ou de atravessar todo o território do continente. Tais viagens serão completamente iníquas uma vez que ao professor não poderá ser atribuído qualquer serviço até se saber qual será, em definitivo, a sua colocação.

Assim, perante um atraso que é alheio à vontade e ao interesse dos professores, a FENPROF propôs ao Secretário de Estado que dispensasse os que aguardam colocação pela 2ª Parte do Concurso de se apresentarem a 1, devendo apenas fazê-lo após conhecerem a escola em que efectivamente irão prestar serviço.

A não ser adoptada esta proposta, há professores que tendo ingressado no Quadro de Zona Pedagógica da área da sua residência terão de se apresentar, por exemplo, na Ilha de São Miguel, na escola em que exerceram no ano transacto.

Simultaneamente a FENPROF exigiu a salvaguarda de todos os direitos dos professores que venham a ser afectados por este atraso, nomeadamente o pagamento atempado da remuneração referente ao mês de Setembro e a contagem integral do ano de serviço, uma vez que eventuais quebras resultarão apenas da incapacidade do M.E. para colocar a tempo e horas os professores.

A FENPROF aguarda agora uma resposta do Secretário de Estado da Administração Educativa que, para ser útil, deverá surgir nas próximas horas.