2011 - Licença sabática e equiparação a bolseiro de educadores de infância e professores dos ensinos básico e secundário

Partilha

No final de Março, o Ministério da Educação (Me) fez publicar o Despacho n.º 5452-B/2011 sobre a concessão de equiparação a bolseiro (dia 29) e divulgou (dia 31) o teor de um despacho do SEAE relativo à concessão de licença sabática.

Ao fazê-lo, o ME revelou, mais uma vez, quer a sua completa desconsideração da importância da realização de trabalhos de investigação aplicada, no âmbito da acção educativa, ao decidir não conceder uma única licença sabática para o ano escolar de 2011/2012, quer a sua ridícula teimosia e absurda fixação na avaliação do desempenho docente, ao restringir a este único objectivo - que qualifica como “área considerada prioritária para a educação” - a concessão da escassa quota de 10 equiparações a bolseiro com vencimento para o desenvolvimento de projectos/formação.

Se não se pode propriamente falar de surpresa, também era escusado o ME confirmar de forma tão inequívoca a sua inabilidade para a tarefa de gerir a educação em Portugal...

A Direcção do SPN