Petição “Orçamento para a Educação não suporta mais cortes”

Partilha


 

Subscreve AQUI!

 

As escolas, as famílias, em suma, a Educação não suporta mais cortes no orçamento da Educação. Em apenas dois anos, o Governo reduziu o valor das verbas destinadas ao sector da Educação, baixando-as de 5,7% para 3,9% do PIB. Não satisfeito com este corte, de 2.300 milhões de euros, o Governo já pré-anunciou para 2013 uma redução próxima dos 700 milhões!
 
A concretizar-se este novo corte, será ainda mais forte o desemprego e a instabilidade de docentes e não docentes, agravar-se-ão as dificuldades das famílias, organizar-se-ão e funcionarão pior as escolas portuguesas, ressentir-se-á ainda mais a qualidade do ensino! 
 
Preocupados com a situação e procurando alertar o país para o agravamento dos problemas que resultará de mais um eventual corte, com a violência do que é proposto, professores, pais e encarregados de educação, trabalhadores não docentes e inspectores de educação decidiram promover a Petição (em anexo) “ORÇAMENTO PARA A EDUCAÇÃO NÃO SUPORTA MAIS CORTES”.
 
A subscrição da Petição poderá fazer-se online (sites das organizações) ou em papel, sendo promovida por FENPROF, CONFAP, FNSFP, SIEE, STAL e CNIPE. Logo que reúna as assinaturas necessárias, a Petição será entregue na Assembleia da República, abrindo a possibilidade de os grupos parlamentares, no âmbito da sua discussão em plenário, desenvolverem iniciativas parlamentares com vista a garantir as verbas que a Educação necessita para que Portugal seja um país com futuro.

Subscreve AQUI!