Professores irão responder dia 26

Partilha

O Jornal de Negócios dá, hoje (9.1.2013) um destaque especial a um suposto estudo apresentado pelo FMI ao Governo (traduzido para português pelo blogue Aventar).

Uma leitura atenta dos textos publicados mostra que se trata de um conjunto de propostas que vão no mesmo sentido de outras já em aplicação.

Por um lado, pretende-se dispensar pofessores, recorrendo ao aumento quer do horário de trabalho, quer da componente letiva.

 

Há ainda, segundo o Jornal de Negócios, a intenção do FMI de entregar parte das Escola Públicas à gestão privada através dos contratos de associação.

A CGTP e a FENPROF já disseram o que é preciso dizer!

O desafio que agora vos deixamos é este: dia 26 vais ficar em casa ou vais participar na MANIFESTAÇÃO de PROFESSORES?