Falar do passado projetando o futuro

Partilha

26 de novembro de 2018

Falar do passado projetando o futuro

O Encontro Nacional de Professores Aposentados foi relevante para a sistematização do caderno reivindicativo dos professores aposentados. Foi aprovada uma Resolução que agrega, atualiza e sintetiza as principais reivindicações dos educadores e professores sobre a aposentação, na aposentação e enquanto idosos; e uma Moção de apoio à luta dos professores que se encontram no exercício de funções docentes.

De manhã ouviram-se testemunhos de quem foi parte ativa no 1.º Congresso Nacional dos Professores Aposentados. Recordações que culminaram com uma conferência de Mário David Soares que, numa mensagem para o futuro, deixou cinco lições que podem ser tiradas da luta dos professores aposentados.

De tarde, continuou-se a falar de aposentação e de envelhecimento com saúde e com direitos. Uma aposentação que, contudo, carece de passos importantes que devem passar pela assunção por cada um dos cidadãos, individualmente considerados, com referiu Maria João Quintela, das suas próprias responsabilidades, recusando a inatividade, exigindo o seu espaço na vida "ativa" de cidadãos que tendo deixado a profissão não passaram, por isso, a ser incapazes.

Noutro registo, Augusto Flor defendeu a responsabilidade social do Estado para com o cidadão idoso, devendo garantir-lhe bem-estar, acesso aos cuidados de saúde, proporcionando as condições para a sua participação social e ajustando as funções sociais do Estado para com cada indivíduo a um interesse que é também coletivo. O autor considerou que independentemente da capacidade que cada um deve ir buscar para continuar a intervir nos planos social, educativo, cultural, económico e político, entre outros aspetos, deve competir ao Estado garantir uma política de prevenção e não de remediação em relação aos mais frágeis.

O Encontro encerrou com o secretário-geral da Fenprof que, entre outros aspetos, relevou a importante ação dos docentes agora aposentados, quando no passado construíram a carreira que agora defendemos


Teresa Maia Mendes no Encontro Nacional dos Professores Aposentados


A exposição do 1.º Congresso Nacional dos Professores Aposentados


Todas as intervenções

Abertura do Encontro

Helena Gonçalves - Coordenadora Nacional do Departamento de Professores Aposentados

Intervenções sobre o 1.º Congresso dos Professores Aposentados

Teresa Maia Mendes - SPN

Graça Pedrosa - SPRC

Maria do Rosário Quintas - SPGL

Maria do Céu Figueiredo - SPZS

Helena Lima - SPM

Luísa Cordeiro - SPRA

Mário David Soares - Organização do 1.º Congresso dos Professores Aposentados

Conferência: "Envelhecer com saúde e com direitos"

Maria João Quintela 

Augusto Flor 

Encerramento

Mário Nogueira - Fenprof


 


16 de novembro de 2018

Encontro Nacional de Professores Aposentados

No próximo dia 26 de Novembro a Fenprof vai realizar um Encontro Nacional de Professores Aposentados, em Lisboa, na Escola Secundária de Camões com início às 11.00 horas.

Neste encontro, iremos comemorar o 25.º aniversário do 1.º Congresso Nacional dos Professores Aposentados realizado em 25 e 26 de Novembro de 1993 que foi um marco histórico na luta dos docentes por um regime de indexação de todas as pensões aos vencimentos dos/as professores/as no activo e onde foi aprovada a Carta dos Direitos dos Professores Aposentados, que está, ainda, adequada ao actual momento.

Teremos também uma conferência sob o tema: "Envelhecer com saúde e com direitos", com Maria João Quintela e Augusto Flor onde, seguramente, reafirmaremos os nossos direitos e determinação na luta por pensões justas e dignas.



23 de outubro de 2018

 Inscrições nas Delegações do Sindicato dos Professores do Norte



Anexos

ENPA - Resolução ENPA - Moção de solidariedade ENPA - Flyer Carta dos Direitos dos Professores Aposentados I Conferência - Caderno reivindicativo II Conferência - Caderno reivindicativo 25.º Aniversário do 1.º Congresso de Professores Aposentados - CONVITE