EXAME PET/CAMBRIDGE FOI SUSPENSO

Partilha

FENPROF SAÚDA ESSA DECISÃO E ESPERA VER AGORA ESCLARECIDA TODA A SITUAÇÃO

 

Na informação ontem enviada às escolas sobre avaliação externa das aprendizagens no ensino básico (que vem perfeitamente a tempo, tendo em conta que ainda faltam 2/3 do ano letivo para decorrer), no número 3, ponto 3, o mesmo que informa a descontinuidade das provas finais de 4.º e 6.º anos, é também referida a suspensão do teste de inglês PET (Preliminary English Test). Um teste que, recorde-se, o anterior ministro da Educação havia tornado obrigatório e com implicação na nota final dos alunos de 9.º ano.

 A FENPROF saúda mais esta decisão positiva da atual equipa do ME e espera que estejam criadas condições para se conhecer o que até hoje não foi esclarecido. Por exemplo, que custos teve para o erário público a implementação desta prova, que compromissos foram assumidos com a Cambridge English Language Assessment, da Universidade de Cambridge ou qual o papel desempenhado pelos chamados parceiros que subscreveram o protocolo inicial.

Após dois anos de muitos protestos, de muita falta de transparência em todo este processo, de inaceitáveis pressões e ameaças sobre os professores, mas também de muita resistência e luta, o PET está suspenso. A FENPROF não põe em causa a importância das línguas estrangeiras, em particular o Inglês, mas considera que os professores de Inglês que exercem a sua atividade nas escolas públicas, particulares e cooperativas do nosso país são o melhor certificado de garantia da qualidade das aprendizagens.

 

O Secretariado Nacional