FENPROF entregou 35000 assinaturas no ME

Partilha

Sindicato dos Professores do Norte / FENPROF

FENPROF entregou no ME

35.000 assinaturas pelo desbloqueamento da Carreira Docente

Desde 1 de Outubro que o Ministério da Educação decidiu bloquear todas as progressões da carreira docente. Nessa data foi ainda suspenso o cumprimento da legislação que prevê a aplicação de novos valores indiciários aos escalões da carreira.

Hoje, dia 23 de Novembro, uma delegação da FENPROF entregou no Ministério da Educação um abaixo-assinado contendo 35.000 assinaturas de professores e educadores que exigem o imediato desbloqueamento da carreira docente. Muito significativo nesta iniciativa é o facto deste elevado número de assinaturas ter sido recolhido em apenas pouco mais de quinze dias.

Entretanto, a reacção dos representantes do Ministério da Educação que receberam o abaixo-assinado foi extremamente preocupante na medida em que revelaram desconhecer as razões do bloqueamento e, principalmente, para quando está prevista a regularização da situação.

Por este motivo, a FENPROF reafirma a exigência  do imediato desbloqueamento da carreira docente, exigência essa que faz parte dos objectivos específicos da Greve que farão no próximo dia 27 de Novembro, em conjunto com a Administração Pública

No dia 30 de Novembro, o Conselho Nacional da FENPROF terá em conta o desenvolvimento desta situação e caso se mantenha o bloqueamento aprovará o recurso a outras formas de luta que garantam aos docentes o vencimento a que têm direito.

                                           O Secretariado Nacional