SEMANA DOS COMÍCIOS DA INDIGNAÇÃO

Partilha

28 de maio de 2019

Comícios sindicais levaram indignação dos educadores e professores a todo o país

Semana da Indignação

21 de maio - Faro | 22 de maio - Lisboa |  23 de maio - Évora | 24 de maio - Coimbra


20 de maio de 2019

Professores iniciaram, no Porto, "Comícios da Indignação"

Integrados na Campanha em defesa da Dignidade Profissional, realizam-se diariamente, até sexta-feira, os “Comícios da Indignação” que as organizações sindicais de educadores e professores decidiram levar por diante na última semana da campanha eleitoral para o Parlamento Europeu. Estes comícios surgem num momento em que governantes, vários políticos do partido do governo e os habituais comentadores de serviço desferem um fortíssimo ataque aos professores, recorrendo a mentiras com o objetivo de manipular a opinião pública. 

Ver reportagem fotográfica de HB (facebook)

O primeiro “Comício da Indignação” teve lugar, no dia 20 de maio, no Porto, na Praça D. João I, pelas 17:30 horas e coincidiu com a publicação em Diário da República da segunda modalidade de roubo de tempo de serviço aos professores, que consta do Decreto-Lei n.º 65/2019, de 20 de maio, estabelecendo o seu artigo 5.º que os docentes poderão optar, até 30 de junho, entre esta modalidade de roubo e a prevista no Decreto-Lei n.º 36/2019. A opção será manifestada através de requerimento que, no entanto, os professores deverão acompanhar de reclamação para não legitimarem, por aceitação tácita, a perda de mais de 6,5 anos de serviço. 

O comício serviu, ainda, para denunciar mais uma tentativa de ingerência do FMI que pretende a revisão das carreiras dos trabalhadores da Função Pública, desde logo as dos professores.

Os professores e as suas organizações sindicais reafirmaram que não desistirão de lutar pela devolução do que é seu – o tempo de trabalho –, que se oporão determinadamente a qualquer tentativa de revisão da carreira docente e, em defesa da sua dignidade profissional, denunciaram o clima criado por quem, irresponsavelmente, tem lançado sucessivos ataques sobre um grupo profissional que merece e deve ser respeitado.

Antes e durante o comício, foram distribuídos 2 fleyrs : i) aos portugueses explicitando a razão e a justiça da luta dos professores; ii) aos professores lembrando as lutas a desenvolver.

  

Ver reportagem fotográfica de HB (facebook)

Comício da Indignação - Porto - 20.05.2019 (Reportagem RTP)


15 de maio de 2019

COMÍCIO DA INDIGNAÇÃO

20 maio de 2019   Porto  |  Praça D. João I  |  17h 30m

Plenário sindical

(Faltas justificadas ao abrigo da lei sindical)

De luto, a continuar a luta

Aparece com uma peça de roupa preta. 

Expressa a tua indignação num cartaz!


    


Na última semana da campanha para as eleições europeias, os educadores e professores estarão em campanha pela sua dignidade profissional, com comícios da indignação dos em 5 cidades: Porto, Coimbra, Lisboa, Évora e Faro. 

Dia 20, o comício é no Porto, na Praça D. João I, às 17h 30m. 

Anexos

Comícios - flyer à população Comícios - flyer aos professores Comício do Porto - Cartaz (1) Comício do Porto - Cartaz (2) Comícios da Indignação - Cartaz nacional